"Ela pediu aos céus para que não mandassem nenhum anjo com asas, ela só queria a imperfeição, talvez outro anjo perdido como ela, com as mesmas feridas a serem curadas, as mesmas dores e os mesmos desejos ardentes. O que chamavam de destino, não parecia nenhum caminho reto sem curvas. Mas ela realmente tinha um plano a ser traçado, deixaria chover dentro de cada pequeno espaço de si, até que tudo transbordasse, mesmo sabendo que depois nada se encaixaria ali. Até que nenhuma luz fosse capaz de iluminar aqueles olhos, ou encontrá-los. Mas dentro de toda aquela confusão, algo extraordinário aconteceu. Capaz de quebrar muros, de parar com as chuvas, de curar feridas, de tirar a dor e oferecer a paz. Algo que eu chamo de amor."
Fred Medeiros.  (via teleportear)
"Eu te amei desde o momento em que te vi! Eu te amei por séculos nestes poucos dias que passamos juntos na terra. Agora que a minha vida se conta por instantes, amo-te em cada momento por uma existência inteira. Amo-te ao mesmo tempo com todas as afeições que se pode ter neste mundo. Vou te amar enfim por toda a eternidade."
José de Alencar.  (via teleportear)
"Pensava que escrevia por timidez, por não saber falar, pelas dificuldades de encarar a verdade enquanto ardia, arvorava, arfava. Há muitos que ainda acreditam que começaram a escrever pela covardia de abrir a boca. Nas cartas de amor, por exemplo, eu me declarava para quem gostava pelo papel, e não pela pele, ainda que o caderno seja pele de um figo. O figo, assim como a literatura, é descascado com as unhas, dispensando facas e canivetes. Não sei descascar laranjas e olhos com as unhas, e sim com os dentes. Com as mãos, sei descascar a boca do figo e o figo da boca, mais nada. Acreditei mesmo que escrever era uma fuga, pedra ignorada, silêncio espalhado, um subterfúgio, que não estava assumindo uma atitude e buscava me esconder, me retrair, me diminuir. Mas não. Escrever é queimar o papel de qualquer forma. Desde o princípio, foi a maior coragem, nunca uma desistência, nunca um recuo, e sim avanço e aceitação. Deixar de falar de si para falar como se fosse o outro. Deixar a solidão da voz para fazer letra acompanhada, emendada, uma dependendo da próxima garfada para alongar a respiração. Baixa-se o rosto para levantar o verbo. É necessário mais coragem para escrever do que falar, porque a escrita não depende só de ti. Nasce no momento em que será lida."
Fabrício Carpinejar.    (via teleportear)
"Sempre mantive mais contato com livros, histórias, metáforas. Era difícil de imaginar uma ligação de tal nível com outra pessoa. Dever explicações, tentar entender, ser entendido, nunca funcionou. Pessoas não são livros que podemos ler e reler quantas vezes quisermos para entender. Por isso me isolava, gostava de entender tudo que fazia parte do meu convívio, e nunca entendia tais seres que me cercavam, isso me deixava frustrado. Por isso sempre preferi ler do que falar ou ouvir."
Julio Venori.  (via teleportear)
"É foda quando bate aquela tristeza e te dá angústia por não saber exatamente qual motivo você está mal. Porque querendo ou não, você não consegue explicar o que está acontecendo, só que está triste e dói, dói bastante."
Ana Lua. (via resistiu)

Quinn, I can’t be a mother…

"Sometimes I think everyone is just pretending to be brave, and none of us really are. 

"Eu tô aqui pra você, então não me perca, por favor, por favor. Não me perca."
Ciceero M. (via effingos)
"Existe um caos dentro de mim. Uma tempestade que não passa, e que provavelmente nunca vai passar."
Raphael Henrique, Desalentou.  (via desalentou)
"E no meio de tanta gente eu encontrei você. Entre tanta gente chata sem nenhuma graça, você veio."
—  (via desalentou)
"Criança tola.
Pensa que a vida
é um conto de fadas."
— As lima   (via florescei)
"As vezes se arriscar demais te faz quebrar a cara. Sou muito impulsivo, faço coisas sem pensar, começo a pensar em algo e por mais que eu saiba que vai dar errado, insisto e sempre me machuco."
Discretou   (via effingos)
"É isso o que as pessoas que te amam fazem, elas colocam os braços em volta de você. Mesmo quando todos os seus espinhos estão para fora, mesmo quando você é tudo, menos alguém amável."
You need to go back, Isaac.  (via effingos)
thewicked-eternity